quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Congresso Municipal do PSOL em Londrina conta com a participação de Marco Rossi

Congresso Municipal do PSOL em Londrina conta com a participação de Marco Rossi

No dia primeiro de dezembro, ocorreu mais um Congresso Municipal do PSOL em Londrina. Os dois grandes objetivos eram debater a conjuntura nacional e da nossa cidade, além de renovar a composição do Diretório Municipal para o próximo período. 
O Congresso teve a contribuição de Marco Rossi, cientista
 político e militante do PSOL, que abriu o debate com uma análise do Partido, das eleições s municipais de 2012 e apontou alguns dos nossos desafios para o próximo ano.
Houve a apresentação da Tese PSOL nas Lutas!, construída coletivamente por militantes do Partido e após o debate, foi aprovada por consenso a nova composiçãoo do Diretório Municipal do PSOL em Londrina:

Executiva: Valmor Venturini presidente, Patrícia Santos Secretária Geral e Lucas Perucci Tesoureiro.

Diretório:
Secretaria de Comunicação: Jackeline Aristides.
Secretaria de Formação Política: Ranildo Ferreira.

Convidamos a todos e a todas a acompanharem o calendário de atividades do PSOL que será divulgado em breve!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Núcleo de Mulheres do PSOL Londrina convoca: "Projeto Lei 4211- 2012 de Legalização da Prostituição de autoria de Jean Wyllys- deputado federal do PSOL"

Núcleo de Mulheres do PSOL Londrina convoca:


"Projeto Lei 4211- 2012 de Legalização da Prostituição de autoria de Jean Wyllys- deputado federal do PSOL"

Participação especial da ElityTrans

Dia: 11 de dezembro as 19h30 na sede do PSOL- Rua Piauí, 106 sala 03- edifício Glória



Ao final faremos o planejamento do núcleo de mulheres para o ano de 2013


Saudações Feministas e Revolucionárias!
Christina Franzon- coordenadora do núcleo de Mulheres do PSOL Londrina

domingo, 25 de novembro de 2012

Convenção do PSOL Londrina

Camaradas,

de acordo com a reunião de preparação da Convenção, ocorrida no dia 12/11 na sede do PSOL Londrina, tomamos os seguintes encaminhamentos:

- A convenção ocorrerá no dia 01/12, às 14:00, na sede do PSOL-Londrina.

- Ficou deliberado uma mesa de abertura, com o companheiro Marco Rossi. Após a mesa, teremos intervenções diretas da plenária. Após isso a apresentação de teses e eleição da nova Direção do PSOL-Londrina

- Foi deliberado por unanimidade, a participação com direito a voto de todos os filiados da lista de outubro de 2012.

Foi apresentado pelo núcleo de gênero, a deliberação estadual do PSOL que determina paridade na Executiva e no Diretório Municipal do PSOL.

Saudações,

Lucas Perucci
Secretário do Diretório Municipal de Londrina

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Nota do Psol Londrina sobre os "Supermercados e o Dia da Consciência Negra"

Nota Pública do PSOL Londrina

O Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) de Londrina vem a público repudiar a ação favorável à abertura dos supermercados de Londrina do juiz do Ministério Público do Trabalho no dia da Consciência Negra. É notória a forma com que os supermercadistas utilizam o judiciário para ampliar seu poder de superexploração da classe trabalhadora. Isso equivale dizer que os negros que infelizmente ainda estão ligados aos trabalhos precarizados trabalhem no dia 20 de novembro e os brancos “folguem” e consumam.
O Dia da Consciência Negra é um dia de luta conquistado pela população negra e relembra a luta de vários negros que tombaram no enfrentamento às desigualdades e torturas sofridas ao longo de séculos, e deve ser respeitada e ser um momento de reflexão para a sociedade, e não ser utilizada de moeda de troca dos patrões.

Por isso, lembrando "O que afeta diretamente uma pessoa, afeta a todos indiretamente" Martin Luther King nos PSOL bradamos:

Che, Zumbi, Antonio Conselheiro, na luta por direitos somos todos companheir@S!

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Quero um voto livre! Quero um voto sem amarras! Nota do Diretório do PSOL Londrina sobre eleições 2012

Quero um voto livre! Quero um voto sem amarras!

As eleições de 2012 em Londrina nos apontam novamente um segundo turno frágil de idéias e debate, mais uma vez é apresentada duas candidaturas semelhantes às apresentadas em 2008 com Hauly (PSDB) e Barbosa (PDT).

Agora em 2012 o quadro se repete com Kireeff (PSD) e Marcelo Belinati, impelindo à população ao “voto útil” em pessoas que realmente most
ram histórias pouco comprometidas com os trabalhadores, vindas de famílias ricas e permeadas por possibilidade de retorno da corrupção, com campanhas caras e com apoiadores milionários.

Até quando a população londrinense vai se conformar com votos sem ideologia de tempos em tempos, se ausentando do debate que realmente precisamos para Londrina. Nossa cidade perde quando o voto não leva em consideração o agrupamento político que está por detrás das grandes siglas partidárias.

Será que de fato estes políticos realmente querem uma saúde verdadeiramente pública e de qualidade? Falando de médicos e remédios, será que uma gestão estritamente técnica resolve o problema de uma cidade feita de pessoas de carne e osso?

Nós do PSOL avaliamos que o voto nulo sempre é válido e possuí conteúdo político e libertador, por isso mantendo nossa coerência política faremos campanha pelo voto nulo, a exemplo do que já fizemos em 2008. Um voto livre e sem amarras, sem comprometimento com grupos que historicamente se oscilam no poder. Somem-se conosco no voto nulo!

Diretório Municipal do PSOL - Outubro de 2012

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Programa de Mulheres da Frente de Esquerda- com Jackeline Aristides


Programa da Juventude da Frente de Esquerda- com Lucas Perucci e Gustavo Casassanta


Valmor na Tribuna da Massa


Valmor na TV Tarobá


Sabatina na ACIL


Programa de Saúde Mental e álcool e outras drogas- com Christina Franzon


Valmor Venturini fala de moradia popular


Jingle de Valmor Venturini


Plínio de Arruda declara apoio à Valmor Venturini


Programa da Frente de Esquerda- Cultura com José Motta


Valmor Venturini- Segundo Programa de Corrupção


Valmor Venturini fala sobre animais de rua


Primeiro Programa de Corrupção- com Valmor Venturini


quarta-feira, 29 de agosto de 2012

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Lançamento da Frente de Esquerda de Londrina. Confira o vídeo!


http://www.youtube.com/watch?v=BgYHhH_KbQk&feature=youtu.be

Lançamento da Frente de Esquerda em Londrina
Lançamento da Frente de Esquerda em Londrina (PSOL, PCB, PSTU). Eleiçoes 2012.

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

PSOL – Partido Socialismo e Liberdade Diretório Estadual e Executiva Estadual do Paraná

PSOL – Partido Socialismo e Liberdade
Diretório Estadual e Executiva Estadual do Paraná



À Direção Municipal do Partido Socialismo e Liberdade de Londrina
A todos os filiados e filiadas do partido
À sociedade em geral


O Diretório Estadual e a Executiva Estadual do Partido Socialismo e Liberdade do Paraná reafirmam seu absoluto e unânime apoio à direção do PSOL em Londrina e à candidatura de Valmor Venturini a prefeito desse município.
Igualmente, reafirmamos a legitimidade formal e política, bem como a lisura e a transparência do processo de escolha da candidatura de Valmor Venturini, sobretudo a Convenção Eleitoral Municipal que a homologou.
A referida Convenção foi convocada em estrita observância de nosso Estatuto Partidário.
De acordo com o Artigo 54, parágrafo único, “A Convenção Municipal deverá reunir-se de acordo com o Art. 41, letra m…”. Já este Artigo 41 expressa que as Convenções, em qualquer âmbito (Nacional, Regional e Municipal) devem ser tornadas públicas “na imprensa oficial do Partido ou através de outro meio próprio e de ampla divulgação entre os órgãos partidários e filiados”.
A Convenção Eleitoral Municipal de Londrina certamente atendeu a tai requisitos, uma vez que foi divulgada “na imprensa oficial do Partido” no Paraná e em Londrina, constituídos, essencialmente:
(a) pela lista de emails do partido no Paraná, a qual todos os filiados se inscrevem, com o endereço psolpr@yahoogrupos.com.br;
(b) pelo blog do partido no município, com o endereço http://www.psol50londrina.blogspot.com.br.
À luz, portanto, dessas providências e dos artigos citados do Estatuto Partidário, está claro que a direção municipal de Londrina agiu com irretocável transparência e democracia, logrando conferir à Convenção Eleitoral Municipal a mais “ampla divulgação entre os órgãos partidários e filiados”.
Reitere-se, por fim, que as despropositadas tentativas de desestabilizar a candidatura de Valmor Venturini e irrefletidamente buscar questionar a legitimidade e o senso democrático da direção do partido no município constituem atos sem qualquer fundamento e sem qualquer respaldo no Diretório Estadual e na Executiva Estadual do partido no Paraná, sendo, por isso, veementemente repudiadas.
Para conferência e para consolidar ainda uma vez a posição da direção estadual do partido, seguem, em anexo:
(a) Nota do Diretório Estadual divulgada em 02 de agosto de 2012 pelo Secretário Estadual de Comunicação, Luiz Felipe Bergmann;
(b) Ata da reunião do Diretório Estadual realizada em Curitiba em 29 de julho de 2012.


Atenciosamente,


Luiz Romeiro Piva
Presidente do Diretório Estadual do PSOL-PR


Paulo Bearzoti Filho
Secretário-Geral do Diretório Estadual do PSOL-PR

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Nota do Diretório Estadual do PSOL Paraná

Partido Socialismo e Liberdade
PSOL Paraná

O Diretório Estadual do Partido Socialismo e Liberdade do Paraná, considerando a impugnação judicial promovida pelo filiado Vilson Machado, de Londrina, contra a candidatura a prefeito de Valmor Venturini, também de Londrina, e contra a frente de esquerda, formada com PSOL, PCB e PSTU, manifesta total apoio à candidatura de Valmor Venturini, e à formação da Frente de Esquerda, por elas, candidatura e frente, expressarem a vontade legítima e democrática dos filiados do município, manifestada através das instâncias legitimamente constituídas.
Não há qualquer vício formal ou substancial na convenção convocada pela comissão provisória de Londrina. Todos os requisitos formais e de respeito à democracia interna foram respeitados.
O PSOL repudia a atitude de filiados que recorrem ao poder judiciário sem antes debater nas instâncias do partido as questões políticas internas.
Neste sentido conclamamos a todos os filiados, os aliados da Frente de Esquerda e os trabalhadores de Londrina a se engajar na campanha a prefeito do companheiro Valmor Venturini e dos candidatos a vereador da Frente.
Quanto a atitude do filiado Vilson Machado, esta será apreciada pelas instâncias do partido, tendo como base as regras estatutárias e os princípio da ampla defesa.

Curitiba, 02 de agosto de 2012.
Luiz Felipe Bergmann
Secretário de comunicação
41.9972.0889

sábado, 4 de agosto de 2012

Seminário de Gênero e Sexualidade- Foto!


CARTA ABERTA DO PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE- PSOL AOS MILITANTES, SIMPATIZANTES E COMUNIDADE EM GERAL



O Diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade- PSOL de Londrina vem por meio deste comunicar que a candidatura de Valmor Venturini pela Frente de Esquerda (PSOL, PCB e PSTU) foi deferida pela Justiça Eleitoral hoje.


O nome de Valmor Venturini pela Frente de Esquerda foi escolhido pela ampla maioria dos filiados em plenária e ratificados em convenção com ampla divulgação nos meios eletrônicos do partido no município e estado. Tem o apoio do Diretório Estadual do Partido no Estado quanto à transparência da escolha do seu nome para representar Londrina nestas eleições.


A escolha do seu nome como representante do projeto socialista para Londrina se configura como uma construção de anos de luta no cotidiano e antes das eleições em prol do fortalecimento da Frente de Esquerda (PSOL, PCB e PSTU) em Londrina, e a unificação da esquerda socialista e combativa, que não se vendeu e não se rendeu.


A Frente de Esquerda tem como propósito levar um projeto alternativo de sociedade para os trabalhadores, e tem como tarefa uma campanha militante, e que quer disputar a consciência das pessoas, pois o nosso inimigo maior é o capitalismo!


Sendo assim, convocamos os militantes, simpatizantes, trabalhador@s e comunidade em geral para ganharmos as ruas e fazermos o bom combate! Venha somar conosco!

domingo, 22 de julho de 2012

Manifesto da Pré Candidatura Feminista e Socialista de Jackeline Aristides à vereadora pelo PSOL de Londrina!


As militantes e simpatizantes do PSOL- Partido Socialismo e Liberdade vem por meio deste manifesto apresentar a pré candidatura à vereadora de Londrina Jackeline Aristides, como representante das mulheres e do movimento!
Jackeline é a única pré candidata mulher da Frente de Esquerda (PSOL, PCB e PSTU) e terá como tarefa nesta campanha militante a defesa das pautas feministas, porque já está mais do que comprovado, não basta ser mulher, tem que ser feminista e socialista!
É notável a baixa participação das mulheres nos espaços de poder (câmara, senado e nos cargos executivos) ou mesmo na direção de sindicatos e partidos, e é óbvio que a simples cota de mulheres nas eleições não resolverá a enorme lacuna que separa as mulheres destes espaços, já que é verticalizada e artificial, pois os partidos poderão se armar de vários artifícios para garantir as candidaturas masculinas. Este exercício de empoderamento das mulheres é diário, nas instâncias dos partidos, do movimento e no enfrentamento da discrepância entre os gêneros, seja nos salários e nas tarefas do dia a dia.
A candidatura de Jackeline é um esforço coletivo das mulheres do PSOL em levar uma candidatura das mulheres socialistas e feministas e das bandeiras históricas do movimento. Levando os anseios das trabalhadoras, donas de casa, estudantes e das homossexuais, travestis, transexuais e transgêneros.
Jackeline é enfermeira, trabalhadora da saúde mental, defensora da luta antimanicomial e da reforma sanitária, atua na Associação Londrinense de Saúde Mental e no Fórum Popular em Defesa da Saúde Pública de Londrina e Região.
Londrina já se cansou do carreirismo político, das velhas alianças, dos novos que prometeram uma nova política. Nossa pré candidatura pretende ser uma construção militante, junto com as mulheres e com os movimentos sociais e populares.
Nestas eleições teremos como bandeiras de luta a defesa das mulheres, d@s LGBTT, da população excluída das ruas, como os usuários de drogas, moradores em situação de rua e usuários de saúde, sempre na perspectiva da defesa intransigente da saúde 100 % pública e de qualidade!

Venha você contribuir para nossa campanha militante! Twitte, curta no facebook, saia às ruas e ajude a construir uma alternativa para a juventude de Londrina!

Blog da Campanha Feminista e Socialista de Jackeline Vereadora!

Acessem: jackeline50000.wordpress.com

Seminários do PSOL!




Fotos do Seminário de Direitos Humanos e Segurança Pública, Meio Ambiente, Lançamento do Livro Psiquiatria Sem Almas do Aiex, II Encontro Estadual dos Ecossocialistas!

domingo, 15 de julho de 2012

Manifesto da Pré Candidatura de Valmor Venturini à prefeitura de Londrina e de Carlos Okawati à vice - FRENTE DE ESQUERDA (PSOL, PCB E PSTU)

Os militantes e simpatizantes do PSOL - Partido Socialismo e Liberdade, bem como dos demais partidos da Frente de Esquerda (PCB e PSTU), têm a honra de apresentar à comunidade londrinense o nome de Valmor Venturini como candidato a prefeito de Londrina e do companheiro Carlos Okawati para seu vice.
Valmor Venturini é veterinário, servidor público municipal há mais de 20 anos, lotado na Vigilância Sanitária do município. Sua trajetória na militância sempre esteve ligada à educação, saúde e economia solidária.
Carlos Okawati é bibliófilo, escritor de livros infanto-juvenis, e há 27 anos, professor de história da rede pública estadual. É membro-fundador do PCB – Partido Comunista Brasileiro (legal) em Londrina, e têm militância na área de cultura.
Ambos terão como tarefa uma campanha militante, que leve os anseios da militância e que consiga aglutinar a esquerda combativa e os movimentos populares.
Terão como desafio um projeto de cidade que seja alternativo às velhas práticas do “mais do mesmo”, o populismo com nova roupagem, a elite que governa para o empresariado, a direita que abraça o “belinatismo” e àquelas que não romperam com a corrupção e com a lógica do capitalismo.
O Tema da Campanha “Pela Liberdade, Tome Conta da Cidade!” expressa um projeto das pessoas, de participação popular na cidade e no campo, da periferia que é historicamente afastada das políticas totalizantes de saúde, educação, lazer e cultura.
Por isso convocamos a tod@s para participar conosco de nossos seminários programáticos, de se juntar à campanha, de nos apoiar, de sair às ruas, de nos twittar, de “curtir” no facebook, de assistir nossos programas, e de fazer uma política diferente!

Sede da Campanha: Rua Piauí, 106- Edifício Áurea- sala 3
Email: psol50londrina@gmail.com


Assinam e apoiam a campanha militante da Frente de Esquerda de Londrina

"Eu voto no Valmor porque sem a arte da militância a vida não basta. E ele, com a candidatura da frente de esquerda, representa isso: a arte cotidiana da luta para viver a cidade. Valmor Venturini para prefeito de Londrina! Meu voto é 50, com força e dignidade!"
José da Motta, ator e professor do ensino básico da rede pública paranaense.

“O Valmor representa a construção militante que tanto aguardávamos, ele e o vice Carlos farão a diferença nestas eleições, mostrando um projeto alternativo de sociedade”.

Jackeline Aristides, candidata à vereadora pelo PSOL Londrina. Enfermeira e membro do Diretório Estadual do PSOL Paraná.

“Voto no Valmor porque ele é voltado para os interesses da comunidade, já atuou na economia solidária apoiando os recicladores, tão precarizados. O Carlos representa dignamente os trabalhadores da educação.”

Liliana Lourenço, membro do PSOL e militante da defesa dos animais.

“Meu voto é no Valmor, pois estou farto da submissão do interesse popular aos mandos e desmandos da elite burguesa, que só visam seus interesses. O Valmor é voltado para os interesses da comunidade, buscando a melhoria social num todo.”

Luis Fernando Marinelli Nogueira, bacharel em Direito e Assistente Jurídico.

“O grande mérito da candidatura de Valmor e Carlos é o chamado à participação popular direta como alternativa política frente ao continuísmo, representado pelas demais candidaturas. Uma alternativa política coerente da esquerda socialista para Londrina”.

Gustavo Casasanta Firmino, estudante e membro do PSOL.

quinta-feira, 12 de julho de 2012

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Começa oficialmente a campanha a prefeito de Londrina

Valmor Venturini será o candidato a prefeito de Londrina do PSOL nessas eleições. O PSOL compõe a frente de esquerda com o PCB e PSTU.
O vice é o professor Carlos Okawati do PCB. O mote da campanha será: "Pela igualdade, tome conta da cidade!"

A campanha será um convite à participação da sociedade. Todos estão convidados a ingressar nessa campanha!




quarta-feira, 4 de julho de 2012

Construindo o plano de governo: seminário de saúde 14h sábado (07/07/12) na sede do PSOL

Com a presença do pré-candidato a prefeito do PSOL pela frente de esquerda Valmor Venturini.

Dando prosseguimento aos nossos seminários temáticos que ocorrerão sempre aos sábados e excepcionalmente às quartas - feiras à noite.

Venha participar dessa construção!

domingo, 24 de junho de 2012

Londrinenses em solidariedade ao povo paraguaio

População de Londrina e região,
na última sexta-feira dia 22, o presidente legitimamente eleito do Paraguai, Fernando Lugo, sofreu um golpe de Estado travestido de impeachment em menos de dois dias. Alvo de pressões internas da elite agrária, do narcotráfico e da pressão internacional dos EUA, o progressista presidente foi derrubado, espalhando a instabilidade e a indignação pela região.
Não podemos deixar que o golpe passe e seja legitimado, como aconteceu em Honduras. Nesta terça-feira, às 19:00, irá acontecer uma reunião ampla para todos os movimentos, cidadãos, partidos e associações para discutir e encaminhar ações de solidariedade com o povo paraguaio e o presidente legítimo, Lugo.

Local: Sede do CDH, Rua Guararapes, 191 (ao lado do Dona Menina Bar)
Data: terça-feira dia 26, às 19:00

sexta-feira, 22 de junho de 2012

PSOL condena tentativa de golpe no Paraguai


O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL – Brasil) condena veementemente a tentativa de deposição do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, pelo parlamento daquele país. O julgamento em curso no Congresso paraguaio, liderado pelos partidos conservadores do país, visa desestabilizar a democracia, impedindo a conclusão do mandato do presidente democraticamente eleito. Isso explica o rito sumário que sequer assegura condições mínimas de defesa ao acusado.

Os recentes conflitos onde morreram duas centenas de camponeses merecem investigação e punição dos culpados, mas não podem servir de pretexto para um golpe parlamentar justamente por quem governou o país com violência e autoritarismo que marcou a história. Estes setores não têm condições morais nem política para falar em democracia.

Assim, o PSOL defende investigações livres e transparentes sobre os crimes ocorridos em Canindeyú contra os camponeses sem terra, ao mesmo tempo, repudia qualquer tentativa de transformar a escalada de violência no campo, causada pela concentração de terras nas mãos de latifundiários, em justificativa para desestabilizar o governo do Presidente Fernando Lugo e a democracia no Paraguai. Para o PSOL o delicado momento que vive o Paraguai exige definir que o lugar dos socialistas é ao lado da democracia e contra a tentativa de golpe parlamentar por parte dos partidos conservadores.

Ivan Valente
Presidente Nacional do PSOL

Afrânio Boppré
Secretário de Relações Internacionais PSOL – Brasil

terça-feira, 19 de junho de 2012

Convenção do PSOL Londrina em conjunto com a frente de esquerda (PSOL/PCB e PSTU) decidiram pelo nome de Valmor Venturini como pré candidato
















O PSOL Londrina fez convenção em conjunto com a frente de esquerda e decidiu pelo nome de Valmor Venturini como pré candidato pela frente, também foram colocados os nomes dos prés candidatos à vereadores (PSOL/ PSTU/PCB). Foi histórico ver a esquerda junto, depois de uma construção dia a dia no movimento!

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Nota de Pesar

NOTA DE PESAR

O Partido Socialismo e Liberdade do Paraná manifesta profundo pesar pela perda de seu valoroso filiado, militante e presidente municipal de Sarandi, Edvaldo da Silveira, ocorrido neste sábado, dia 09 de junho.

Silveira, como era conhecido entre nós, era pedagogo e professor. Entrou no partido em 2007, oriundo do movimento popular, onde se destacou na defesa das causas populares.

Em 2008 concorreu ao cargo de vereador em Sarandi e em 2010 foi candidato a deputado federal.

Lutador incansável pelas causas dos explorados e dos oprimidos, companheiro e amigo de todas as horas, Silveira vai deixar muita saudade, mas também deixa exemplos de dedicação, disciplina partidária e de luta pelo socialismo.

Desejamos aos familiares, à sua filha em especial, e aos amigos que reúnam forças para superar esse momento de muita dor.

Emobora sua perda nos cause uma tristeza muito grande entendemos que a melhor homenagem que os militantes do PSOL e os socialistas em geral podem prestar ao nosso camarada é seguir os exemplos que ele nos deixou.

Informamos que o enterro acontecerá as 13 horas deste domingo, no cemitério de Sarandi.

Maiores informações podem ser obtidas com o secretário do PSOL de Sarandi, Jorge Tadeu, nos telefones 44-8429-7268 ou 44-8429-7268

SILVEIRA PRESENTE, SEMPRE!!!

Luiz Felipe Bergmann

Secretário de Comunicação

Fotos do Pré Candidato Valmor Venturini no debate da UEL




segunda-feira, 11 de junho de 2012

Convocatória da Convenção Eleitoral do PSOL Londrina

Camaradas,

neste próximo sábado iremos realizar a convenção eleitoral de Londrina.

Convenção eleitoral: sábado, às 14:00 na sede do PSOL-Londrina, Rua Piauí, 106, sala 3.

saudações,

Lucas Perucci
Secretário do Diretório Municipal de Londrina.

terça-feira, 29 de maio de 2012

Lançamento do pré-candidato a prefeito Valmor Venturini pela frente de esquerda

Realizou-se na tarde desse sábado, dia 26 de maio de 2012, na sede do PSOL, o lançamento da pré-candidatura de Valmor Venturini a prefeito de Londrina. O evento contou com a presença de militantes dos partidos que juntos pretendem compor a frente de esquerda (PSOL, PCB e PSTU), além de lideranças de movimentos sociais e simpatizantes dos três partidos. O pré-candidato a prefeito Valmor Venturini, em seu discurso, disse que pretende realizar uma campanha de alto nível: "Nós não seremos a maior e nem a mais cara candidatura, entretanto, temos o dever de apresentar a melhor campanha e propor soluções reais para os problemas da cidade, sem nenhum medo de dizer a verdade”.


Pela igualdade, tome conta da cidade!

domingo, 20 de maio de 2012

Em defesa dos serviços públicos, PSOL apresenta emendas à MP 568 de 2012

http://psolcuritiba.org/2012/05/20/em-defesa-dos-servicos-publicos-psol-apresenta-emendas-a-mp-56812/

Em defesa dos serviços públicos, PSOL apresenta emendas à MP 568/12

No dia 14 de maio de 2012, a presidente Dilma Roussef editou a Medida Provisória 568/2012. A grande mídia anunciou que esta Medida Provisória (MP) iria beneficiar cerca de 900.000 servidores públicos federais mas “esqueceu” de falar sobre a retirada de direitos dos trabalhadores que vem junto com algumas recomposições salariais, fruto de acordos fechados no ano de 2011.

Por entender que esta MP traz demandas dos docentes das Instituições Federais de Ensino Superior e de algumas outras categorias mas que, ao mesmo tempo, reduz salários dos médicos e reduz o direito ao adicional de insalubridade e periculosidade dos servidores públicos federais, a bancada do PSOL, através do deputado federal Chico Alencar (PSOL/RJ) apresentou emendas a MP, visando garantir que a MP apenas traga benefícios aos trabalhadores, retirando do texto os ataques já citados.

O PSOL defende a supressão do artigo 44 da MP, que versa sobre a redução do salário dos médicos e médicos-veterinários. Este artigo vai contra a lei nº 9.436/97, que estabeleceu que a jornada de trabalho dos médicos e médicos-veterinários no serviço público federal é de 20h semanais e ao artigo 19º da lei nº 8.112/90. A resultante do artigo 44º da MP 568/12 é a redução pela metade do salário dos médicos e médico-veterinários que optarem pela jornada de trabalho de 20h semanais.

O PSOL também apresentou emenda para retirada dos artigos 86 e 87 da Seção XXIV da MP. Esses artigos atacam o direito a adicional de insalubridade e periculosiadade dos trabalhadores, fazendo com que os adicionais, que hoje são percentuais ao salário, passem a ter valor fixo, muito menor do que o percentual hoje recebido.

A redução em termos financeiros dos adicionais não inibirá o trabalhador em se expor aos riscos, posto que estes na maioria das vezes são inerentes ao fazer cotidiano de suas funções. O resultado então será tão somente a compensação financeira recebida pelo risco. A medida visa apenas minimizar os custos da despesa de pessoal, numa lógica neoliberal e financista.

Para Chico Alencar, líder da bancada do PSOL, a “aprovação das emendas depende da pressão dos trabalhadores em cima dos deputados, visto que mais da metade do Congresso Nacional está comprometido com a retirada de direitos dos trabalhadores”.

--

sábado, 12 de maio de 2012

PSOL Londrina define o nome de Valmor Venturini como pré-candidato a prefeito de Londrina


O Partido Socialismo e Liberdade com imensa alegria comunica a definição do nome de Valmor Venturini como pré-candidato à prefeitura de Londrina. O nome foi escolhido, durante Plenária Eleitoral do PSOL, realizada dia 12 de maio, na sede do partido no município.

Valmor Venturini terá como tarefa construir uma candidatura que seja uma alternativa de esquerda em Londrina frente ao populismo e ao petismo, que acolha as demandas da classe trabalhadora, bem como o acúmulo teórico da militância a partir dos seminários eleitorais temáticos de saúde, educação, meio ambiente, cultura, segurança, reforma urbana e agrária.

Construíremos uma nova opção, fortalecendo a Frente de Esquerda com PCB e PSTU, junto aos movimentos sociais e populares (de saúde, dos homossexuais, luta por moradia, ambiental, e moradores de rua) e todos aqueles que lutam e sonham com uma sociedade mais justa.

Valmor Venturini é servidor público municipal há 18 anos, veterinário, atua na vigilância sanitária e militante histórico de esquerda.

Pela igualdade, tome conta da cidade!

quinta-feira, 29 de março de 2012

Nota do PSOL Londrina sobre o assassinato de uma travesti na cidade

O diretório Municipal do Partido Socialismo e Liberdade vem denunciar e repudiar a continuidade dos assassinatos cometidos contra as travestis da cidade de Londrina. Viemos por meio desta nota, cobrar das autoridades públicas responsáveis a investigação e a resolução dos casos pendentes de violência letal e não letal contra os grupos LGBTTS , levando a punição dos acusados. É inaceitável que os grupos LGBTTS continuem a sofrer a dupla violência e discriminação dos órgãos públicos através da falta de políticas públicas de afirmação à diversidade e a impunidade dos crimes ocorridos.
Segundo o Relatório Anual de assassinatos de Homossexuais de 2011, divulgado pelo Grupo Gay da Bahia, o Brasil atinge o primeiro lugar no ranking mundial dos assassinatos homofóbicos e as regiões Sul e Sudeste do país se destacam com o primeiro lugar nos registros de violência não letal. Os homicídios de travestis atingem o segundo lugar no tenebroso ranking. Só neste ano, Londrina já conta com dois homicídios notificados, sem contar com os anos anteriores, o último da semana passada, de uma jovem de 16 anos.
Pesquisa realizada por CARRARA e VIANA declara que os crimes cometidos contra os travestis são tratados com “normalidade” pela polícia e sociedade a medida que são levadas em conta no momento da investigação dos casos a perfomance de gênero associadas a estereótipos negativos sobre a homossexualidade. Como se a identidade de gênero da vítima fosse o fator determinante e justificativa elementar para as execuções!
E mais, nos revela ainda, que a baixa resolução dos casos deve-se a um conjunto de fatores ligados a gênero e classe social. Fatores que são potencializados a medida que são encontradas evidências do envolvimento com a prostituição e o tráfico de drogas colocando os travestis nos grupos socialmente mais desfavorecidos e explorados, portanto no rol de crimes impunes.
É inadmissível a continuidade das ações públicas no sentido da perpetuação de ações homofóbicas e assassina da juventude. Por uma sociedade sem classes, anti-homofobica, anti-racista!
políticas de afirmação às diversidades, já!!!!!